ÁREA DO CLIENTE

Quando o inventário fiscal apresenta algum valor negativo, pressupõe-se que a empresa está vendendo algo que não teve entrada acobertada por documento fiscal, o que nem sempre é verdade. Cadastros repetidos de mercadorias e produtos, erros na conversão de unidades de medida ou ainda erros na escrituração fiscal, por exemplo, podem apontar incorretamente a existência de itens com quantidades negativas.

Com advento do SPED e das notas fiscais eletrônicas, o levantamento dos estoques passou a ser realizado de forma mais fácil, rápida e eficaz pelos entes fiscalizadores. A identificação de itens com quantidades negativas, não só na data do inventário, mas no decorrer de toda a escrituração, é um dos apontamentos realizados por nossos serviços.